Trya Verão 2018, SPFW

O verão 2018 da Triya é um acerto meteorológico que mudou tudo. A coleção conta um Brasil redescoberto, traduzido em cores, tramas e inspirações vindas da natureza de nossas terras.
Um Brasil nativo, alegre e colorido, que vem representado em mais de 15 estampas. Muitas delas inspiradas nos desenhos de observação e imagens descritivas que foram enviadas a Portugal para contar a fauna e flora tropical que encontraram por aqui. Modelagens de época, como corselets, espartilho e “fraldas”, desconstruídos e repaginados cheios de conforto. Trabalhos artesanais como macrame, trece, tramas de palha, cestos indígenas, feitos com seda e lycra, em uma busca às raízes.
O plissado que imita folha de palmeira, em silhuetas soltas. Uma cartela de cor extensa e leve com muitos tons de verde, rosa, e azul celeste. Os modelos surgem com muita perna de fora, asa delta, decote profundo, em um interessante exercício de cobrir e descobrir o corpo.
Reconhecer o Brasil que já existia aqui quando chegaram em 1500 foi um mergulho na natureza, que Triya vivenciou no Cristalino Lodge, um santuário Amazônico, que também aparece no cenário do desfile.
Para os pés, a Triya apresenta parceria exclusiva com a Schutz, em uma coleção que se estenderá para as lojas. Os calçados do desfile trazem um mix urbano e esportivo, de salto grosso e solado tratorado, feitos com vinil ou lycra.
Engajada com a importância do reuso de materiais, a Triya traz para esta edição uma parceria com a Damn Project, apresentada nas peças em jeans do desfile. Feitas a mão a partir de calças jeans usadas.

 - carlosfredericosilva.com

 - carlosfredericosilva.com

 - carlosfredericosilva.com

 - carlosfredericosilva.com

 - carlosfredericosilva.com